O Que é a Pasta AppData no Windows?

A pasta AppData encontrada nos sistemas Windows contém, como o próprio nome sugere, dados de vários aplicativos. No entanto, esses não são os principais arquivos executáveis dos programas, pois esses arquivos são normalmente colocados nas pastas 'Arquivos de programas' ou 'Arquivos de programas (x86)'. O objetivo principal do AppData é conter informações específicas do usuário relativas às configurações ou opções de personalização para o aplicativo específico.

Como Acessar a Pasta AppData

A pasta AppData pode estar oculta por padrão nos sistemas Windows. Portanto, para localizá-la e abri-la, você terá que tornar a pasta visível.

  1. Vá para o menu File Explorer.
  2. Entre as opções disponíveis, escolha 'Exibir' seguido de 'Opções'.
  3. Na janela 'Opções de pasta', selecione a guia 'Exibir'.
  4. Localize e ative a opção 'Mostrar arquivos, pastas ou unidades ocultas'.
  5. Clique nos botões 'Aplicar' e 'OK' para salvar as alterações.

Agora, siga o caminho C:\Usuários\\ para localizar a pasta. Lembre-se de que, em vez de , você deverá ver seu nome de usuário específico. Para acessar a pasta AppData\Roaming, você pode abrir a caixa de diálogo Executar pressionando a tecla Windows + R e digitando% AppData% nela.

O Conteúdo do AppData

Dentro da pasta AppData, você encontrará três subpastas chamadas Roaming, Local e LocalLow. Cada um é usado para armazenar um tipo específico de informação. O roaming contém dados que estão conectados ao perfil do usuário e podem migrar de um sistema para outro. O local, por outro lado, armazena dados que são relevantes apenas para o sistema específico. A terceira pasta, LocalLow, é usada para armazenar dados de baixo nível, como arquivos temporários, caches, etc.

Qual é o Objetivo do AppData

As vantagens de ter a pasta AppData são sentidas principalmente quando você tem vários usuários em um único sistema. A pasta contida na pasta AppData é específica para cada usuário e não pode ser acessada por outros. Isso também ajuda a manter as preferências de cada usuário sem nenhuma interferência na hora de usar o mesmo aplicativo. Os arquivos encontrados dentro do AppData também são considerados de prioridade mais baixa e, portanto, requerem apenas permissões básicas para serem acessados e modificados quando comparados aos arquivos do aplicativo principal na pasta Arquivos de programas.