ProcessBrand

Descrição do ProcessBrand

Os usuários do Mac têm um novo PUP (Programa Potencialmente Indesejado) para evitar. Batizado como ProcessBrand, esse aplicativo duvidoso combina a funcionalidade de adware e um sequestrador de navegador. Para sua distribuição, os PUPs contam quase que exclusivamente com técnicas desleais, como agrupamento ou injeção em instaladores/atualizadores de software falsos. Os usuários devem ter cuidado ao instalar aplicativos freeware ou produtos de fontes menos confiáveis.

Se o ProcessBrand conseguir se instalar no sistema Mac do usuário, ele começará a gerar anúncios intrusivos, ao mesmo tempo em que assumirá o controle do navegador da Web. Os anúncios entregues podem empregar mensagens clickbait e levar a sites de terceiros não confiáveis. Quanto ao navegador da Web do usuário, suas configurações (provavelmente a página inicial, a página da nova guia e o mecanismo de pesquisa padrão) podem ser modificadas para abrir um endereço promovido. Normalmente, os sequestradores de navegador são usados como um veículo na promoção de mecanismos de pesquisa falsos. A conduta dos pesquisadores por meio de tais mecanismos pode produzir resultados enganosos, repletos de anúncios patrocinados.

Enquanto estiverem presentes no sistema, os PUPs podem tentar espionar as atividades de navegação dos usuários. Os aplicativos indesejados podem acessar todo o histórico de navegação, histórico de pesquisa e qualquer URL clicado. Os dados coletados podem então ser carregados para um servidor remoto.

É altamente recomendável prestar atenção ao instalar os aplicativos. Se você teme que os PUPs já possam ter se infiltrado no seu Mac, faça uma digitalização completa com uma solução de segurança profissional e veja se ela consegue detectar algum item suspeito.