System Protection

System Protection

O System Protection é um falso aplicativo de segurança que muitas vezes pode surpreender suas vítimas por entrar no sistema de um computador sem autorização do seu usuário. Prometendo fornecer proteção avançada para o sistema do seu computador, o System Protection é, na realidade, parte de um esquema bem conhecido. Criminosos tentam enganar os usuários de computador crédulos e faze-los adquirir falsos softwares de segurança como o System Protection com a ajuda de scripts maliciosos e Trojans. O System Protection pertence a uma família de falsos digitalizadores de segurança, conhecida como a família FakeScanti, embora ela possa ser detectada com outros nomes. O System Protection e seus clones utilizam a mesma estratégia básica para realizar os seus ataques, infectando um computador sem autorização, exibindo mensagens de erro constantse e falsos positivos e em seguida, alegando que uma versão paga do System Protection é necessária para remover esses problemas inexistentes. Os analistas de segurança do ESG-se aconselham vivamente contra a compra do System Protection; em vez disso, o System Protection deve ser removido com o auxílio de um aplicativo anti-malware confiável, de uma fonte de renome.

A família FakeScanti inclui falsos softwares de segurança como Security Guard, Sysinternals Antivirus, Wireshark Antivirus, Milestone Antivirus, WolfRam AntiVirus, OpenCloud Antivirus, OpenCloud Security, OpenCloud AV, AV Security 2012, Super AV 2013.

Como os Criminosos Infectam o Sistema de um Computador com o System Protection

O System Protection entra no sistema de um computador com a ajuda de um Trojan dropper ou de um Trojan downloader. Exemplos de Trojans que têm sido associados ao programa de segurança desonesto do System Protection são o Falso Microsoft Security Essentials Alert e o Zlob. Trojans associados ao System Protection podem ser adquiridos em fontes diversas. Por exemplo, os criminosos podem espalhar Trojans relacionados ao System Protection disfarçando-os como codecs de vídeo em sites de vídeos pornográficos. Ao tentar abrir um vídeo, o usuário do computador irá receber uma mensagem dizendo que um determinado codec é necessário para reproduzir o vídeo e fornecer um link. Clicando nesse link o que é baixado e instalado é um Trojan que pode, em seguida, instalar o System Protection e outros malwares no sistema do computador da vítima. O System Protection, em particular, também tem sido associado a anúncios maliciosos que promovem falsos softwares de segurança e se oferecem para digitalizar o computador da vítima em busca de spyware ou malware. O resultado desses falsos exames serão sempre uma mensagem afirmando que há problemas com o computador da vítima e solicitando que a vítima baixe o System Protection. Algumas variantes desses falsos digitalizadores online não esperam pela autorização da vítima e tentam simplesmente injetar um Trojan relacionado com o System Protection, explorando vulnerabilidades conhecidas em aplicativos, no navegador ou no sistema operacional.

Postagens Relacionadas

Tendendo

Mais visto

Carregando...