Panasonic Atacada por Autores de Ameaças, Sofre Violação de Dados

A gigante japonesa de tecnologia Panasonic confirmou um ataque cibernético e uma violação de dados ocorridos em meados de novembro de 2021. A informação foi tornada pública em um comunicado à imprensa da Panasonic, divulgado no final da semana passada.

A empresa informou que a investigação interna conduzida pela própria equipe de TI da Panasonic mostrou que "alguns dados em um servidor de arquivos" foram acessados ilegalmente.

Naturalmente, o incidente já foi denunciado às respectivas autoridades e a empresa supostamente cuidou de qualquer buraco específico que os malfeitores usaram para entrar na rede.

Também foi contratada ajuda externa, na forma de um conselho de segurança de terceiros, para investigar o incidente e "determinar se a violação envolveu informações pessoais dos clientes e/ou informações confidenciais relacionadas à infraestrutura social", de acordo com o Comunicado de imprensa.

Relatando a violação de dados, a ZDNet identificou dois veículos de notícias em japonês que mencionaram que a violação real durou meses e se estendeu do final de junho a 3 de novembro. mencionado no comunicado de imprensa foi, de fato, o momento em que a violação foi detectada, não um momento isolado no momento em que ocorreu.

Um dos dois veículos de notícias em japonês que cobriram o incidente também mencionou que os servidores violados supostamente armazenavam informações relacionadas aos associados de negócios da Panasonic e à produção e tecnologia da empresa. A natureza exata das informações acessadas permanece incerta.

A outra mídia japonesa chamada Mainichi relatou informações da Panasonic que pinta o incidente em tons mais sombrios, com a Panasonic afirmando que a empresa "não pode negar a possibilidade de um incidente grave". Resta saber se alguma gangue de ransomware publicará um boato na sua página da Dark Web e assumirá a responsabilidade pelo ataque, assumindo que obteve informações que comprovadamente pertencem à Panasonic.